Estados Unidos suspendem embargo contra Cuba


Ontem caiu o último Muro de Berlim. O presidente Barack Obama suspendeu o embargo de mais 50 anos contra a Cuba dos irmãos Castro.

Essa é provavelmente a notícia mais relevante desde a queda do Muro de Berlim de fato. Obrigada, Obama!

O fim do 'embargo' é ótimo para o Brasil e a direita Brasileira, pois com a economia cubana aberta ao mundo todo sem sanções, o governo Dilma e os petralhas acabarão por ficar sem desculpas para enviar bilhoes de reais à ilha dos irmãos Castro, seja para construir portos, seja para importar “mais médicos”. Aliás, esse pode ser o começo do fim do Mais Médicos, pois com os cidadãos cubanos obterão progressivamente mais liberdades civis, médico cubano algum vai querer ficar trabalhando nos cafundós do Brasil por uma merreca e aceitar o fato de que todo dinheiro de seu trabalho vai para o bolso dos Castro, enquanto a maioria dos cubanos vai readquirindo seu direito de manter no prpóprio bolso o dinheiro de seu trabalho. Com o fim do embargo, o programa Mais Médicos e o discurso petista que o sustenta se tornam argumentos 100% falhos, assim como qualquer ajuda financeira bilionária que PT queira dar à Cuba.

 

Adicionando mais à conjuntura: Fidel já está com um pé na cova, e Raul tambem não é jovem. A herdeira natural de Fidel, sua filha, fugiu de Cuba para os Estados Unidos há muito tempo. Ou seja, não ha nenhum outro herdeiro natural carismático e respeitável o suficiente para assumir o trono de Cuba quando os dois Castro morrerem. Aí sim, será o fim da ilha e ela voltará a ser exatamente como era antes da Revolução. O que será um final triste de história para a esquerda brasileira (não que a esquerda nã tentará distorcer a história, como sempre). Aí eu vou rir muito, e bem alto.


No Comments, Comment or Ping

Skip to toolbar