Impeachment Day is coming


-Olivia, você acha que o impeachment vai resolver o problema da corrupção do Brasil?
 
R: É óbvio que não. Isso seria ingenuidade.
 
-Mas então, porque você é a favor do impeachment?
 
R: porque a presidente cometeu crimes de responsabilidade previstos na constituição, o que embasa legalmente o processo de impeachment, que, IMPRESCINDÍVEL REITERAR, não é golpe e está previsto na constituição.
 
-Mas não há evidência de fato de crimes de responsabilidade.
 
R: FALSO. Os crimes de responsabilidade pelos quais a presidente está sendo acusada foram constatados a partir de informações PÚBLICAS, OFICIAIS, dadas pela pela própria presidência, que ainda tentou defender as tais pedaladas fiscais. Ou seja, nem o governo nega. É um CRIME CONFESSO. QUER EVIDÊNCIA MAIOR??
 
-Você é anti-petista e também protesta abertamente contra o PT. Isso não influencia no seu apoio ao processo de impeachment? Você não é pró-impeachment só porque é anti-PT?
 
R: Hahaha, não. Se você acha que eu apoio o impeachment porque sou anti-petista, está errado. Se não houvesse evidência de crime de responsabilidade, eu não apoiaria o impeachment. Me restaria apenas a liberdade de expressão de “fazer beicinho” e de protestar contra as políticas do PT e articulção política. Mas houve uma conjunção de fatores que me faz protestar a favor do impeachment e contra o PT simultaneamente.
Não é culpa minha se as evidências que sustentam o impeachment são uma amostra indireta, mas muito óbvia, de todas as verdadeiras políticas e compromissos assumidos pelo Partido dos Trabalhadores desde esse tomou o poder, políticas essas às quais sou veementemente contra. Compromissos nao-republicanos, abjetos, que JAMAIS tiveram em vista um plano para melhorar o Brasil, mas ao contrário, colocar o país em segundo plano, em nome de um projeto maior e vil, um PACTO com todos os líderes esquerdistas da América Latina, para garantir a permanência eterna no poder de todos os líderes esquerdistas da America Latina, em detrimento da constituição de cada país envolvido, em detrimento de seu povo e da vontade do mesmo. Esse pacto de chama Foro de São Paulo, e as evidências do que eu disse acima estão registradas em vídeo abertamente na internet para todos verem, tendo Lula como cabeça do pacto. Não inventei nada. Não é segredo.
Em nenhum desse vídeos você verá nenhum líder falando sobre como melhorar seu respectivo país. O único discurso consistente é como perpetuar a esquerda no poder. Ignorando a constituição de seu próprio país. ISSO SE CHAMA GOLPE INSTITUCIONALIZADO.
Tivemos pedaladas fiscais porque, além de corrupção, que não é exclusividade petista, o PT enviou BILHÕES de dólares de dinheiro do pagador de impostos brasileiro para financiar projetos EM OUTROS países. Portos e aeroportos em Cuba, Uruguay, Venezuela, Colombia, etc. Perdão da dívida e empréstimos a países africanos liderados por ditadores sanguinários, até doações ao grupo Hamas o PT fez.
O PT tripudiou TANTO do pagador de impostos brasileiro que esqueceu que governa o Brasil, e não a América Latina, e que também teria que prestar contas aqui. E na hora de prestar contas, deu no que deu. Agora, eles que enfrentem as consequências.
Por isso o meu grito é Impeachment e Fora PT, e não apenas “Impeachment”.
 
-E depois?
 
R: Do Impeachment? Bom, em primeiro lugar, SE o Impeachment ocorrer, o Castelo de cartas deve continuar caindo. Que caia Temer, que caia Cunha, Renan, e todos os líderes de partidos fisiológicos vira-casaca que compactuaram com a farsa petista durante todos esses anos. Que se chame novas eleições, que venham novos políticos, e não políticos de carreira, que se faça uma reforma político-eleitoral de verdade, e que venha a mudança.
Temos um longo caminho pela frente. Mas se o PT não for legitimamente destituído do poder, temos apenas um grande Muro de Berlin e anos de recessão e crise à nossa frente.
Amanhã vai ser um dia de grandes emoções e animosidade.
Se ergues da justiça a clava forte, verás que um filho teu não foge à luta, e nem teme quem te adora a própria morte, terra adorada.
Estarei até o fim esperando o destino do nosso país.


Reforma do processo eleitoral por mim proposta


 Reforma eleitoral proposta e escrita por mim mesma, comforme publicado no meu Facebook hoje pela manhâ (trata apenas do processo de votação, visando evitar fraudes,e não do aspecto político-partidário, ou seja, não é uma proposta de reforma política)
1. Fim do voto eletronico; 
2. Ao entrar na seção eleitoral, identificação do eleitor por Titulo Eleitoral, Carteira de identidade ou documento com foto, e biometria. (eliminando assim qualquer chance de uma pesoa ter dois domicílios eleitorais, votar duas vezes, etc).
3. Voto por cédulas de papel, de boa gramatura e impressão de alta qualidade (evitando rasuras, rasgos e amassamentos que invalidariam o voto) e marcação do candidato escolhido por sistema de cartão perfurado (falicita e agiliza a contagem).
4. Cada cédula conteria um número e código de barras aleatório, que constaria da própria cédula, e também de um canhoto destacável a ser mantido e levado pelo eleitor. Ao processar os votos, seria feito upload de código de barras/numero da cédula para um banco de dados central do TSE.
5. Após a divulgação do resultado da eleição, ficaria disponível em um banco de dados online toda a lista e número de votos. Se eleitor desejar conferir se seu voto foi de fato computado como deveria, ele entra no site provido pelo TSE, digita número de seu canhoto, e confirma que seu voto foi mesmo para o FHC e não para o Tiririca. E como a entrega da cédula e o número/código de barras não são associados à identidade do eleitor, voto continuaria secreto.
6. Esse é o meu sistema eleitoral. Cheio de burocracias e detalhes mas pra uma eleição funcionar neste país, se o custo for esse, que eu chamaria isso de custo Brasil, que assim seja. 
7. Fim do voto do analfabeto.
8. Voto facultativo.


Skip to toolbar